quinta-feira, 24 de julho de 2008

Sublime Amor



É difícil dizer,
Mas é disto que preciso.
Viver sem seu amor
Não é viver.
É cair no precipício.


Sem você não há verão,
É inverno a todo instante.
És minha paixão,
Meu amor ambulante.


É difícil dizer,
Mas de você necessito.
Você diz sem mim morrer,
E sem você já não existo.


Nesta vida sem você
É difícil sobreviver.
Vem pra cá ficar comigo,
Que eu prometo te querer.


Faz de mim a mais feliz,
Vem me dá o seu amor.
Te esquecer é impossível,
Eu só quero teu calor.


Seja do jeito que for,
Fica do meu lado.
Faz de mim uma leve folha
Que encontra o seu orvalho.


Pensa bem no que eu digo,
Pois já não quero esconder
Esse amor que é tão sublime
E que não vivo sem você.

3 Comentários *=):

bruno paulo disse...

ô minha bbzinha pequena, eu tb te amo muito, ficou muito lindo mesmo viu, adorei esse poema. Te Amoooo!!!

Junior Santana disse...

Simplesmente perfeito..
Um beijo Linda!
:D

Jo Meurer disse...

Lindo o poema..
vc q escreveu?!


;*

Postar um comentário