quinta-feira, 15 de julho de 2010

Eu realmente fico irritada quando as pessoas insistem em querer saber "por que você está triste?", quando não existe uma tal resposta.
Talvez eu não saiba, talvez nem queira saber. Mas preservo meu direito de chorar vez ou outra, de achar que as coisas não vão bem, e pensar que vai passar. Que vá passar, é o que a gente espera.
Às vezes não sente isso. Mas acredita -- afinal, é uma força. Acreditar. E eu acredito sim. Ontem me vi numa tristeza tão grande que achei melhor ir dormir. Algumas lágrimas vieram. Mas e daí? Me fez melhor? Não sei. É cedo pra saber. Só que eu tenho gente que se importa comigo e isso me anima. É uma razão para acreditar.
Me sinto muito sentimental. E me sinto como "quem é mais sentimental que eu?"
Talvez eu tenha entendido errado, talvez tenha transformado um qualquer coisa em grandiozidades, talvez eu nem tenha feito nada. Só tenha sonhado demais. Só imaginado. A pergunta que mais martelava minha consciência antes de pegar no sono era "mas.. por quê?". Não sei. Talvez aquele que me fez achar errado saiba. Mas eu não quero saber.
#TPM

Vai fazer um mês esse 'manifesto da melancolia'. É a prova de que, esse ano, a TPM resolveu rir da minha cara. Definitivamente, quer se aproveitar da minha falta de experiência com tal. Não sei mesmo lidar com isso. O desajuste emocional está incontrolável! Pisando em minha razão. O que é isso? Cadê o respeito para com a minha pessoa? Eu hein! Só uma observação aqui: eu não sou doida-psicopata-anormal. Hehehe.

1 Comentários *=):

Frederico Fontes disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Muito bom o texto... posso garantir q vc n eh doida-psicopata-anormal... uhahuahuhauau
Já tive uma época de estar assim[não de TPM claro hehehehe].
O bom é q depois da dor vem a alegria.. e a tristeza por mais longa q seja ela em algum momento vai embora.
E lembra sempre q estou contigo sempre.. pode sempre contar comigo.
Te adoro!!

Postar um comentário